Geral
Aparelho celular da vítima que foi recuperado – Foto Polícia Civil

A Polícia Civil de Palmas prendeu na tarde de sábado (23) o suspeito de um roubo seguido de estupro em um condomínio em Palmas e prendeu também o receptador do celular roubado da vítima. O crime correu na quinta-feira (21) em um apartamento no centro da cidade.

Após tomar conhecimento dos fatos, os policiais mostraram fotos de um homem que possui várias passagens  por roubos e estupros e o mesmo foi reconhecido pela vítima.

Os policiais intensificaram as investigações chegaram primeiramente ao que havia comprado o celular roubado. Ele informou que pagou R$ 200,00 pelo aparelho.

Na sequência os policiais fizeram campana na casa do suspeito e ele foi preso em flagrante. Com ele ainda foi encontrada uma bucha de maconha que pesou 5,5 gramas.

Segundo informou o delegado da Polícia Civil de Palmas Felipe Souza, a prisão se deu em conformidade com o que preconiza o artigo 302, inc. III, do Código de Processo Penal: “Artigo 302, Considera-se em flagrante delito quem: III – é perseguido, logo após, pela autoridade, pelo ofendido ou por qualquer pessoa, em situação que faça presumir ser autor da infração”.

Além do mais, a Polícia Civil representará ao Poder Judiciário pela manutenção da prisão do autuado, através de prisão preventiva.