Geral
Foto Arquivo PP News

A Região Sul do Brasil vem passando por um grave problema de estiagem por causa da falta de chuva desde o começo do ano. Mas uma grande frente fria avança sobre a região nos próximos dias e deve provocar chuva em todos os estados. Porém, a chuva vai aliviar apenas momentaneamente a situação de seca em alguns locais.

A Região Sul do Brasil entra em alerta nesta quinta-feira para temporais. Áreas de baixa pressão atmosférica se intensificam entre o Brasil, o Paraguai, o norte da Argentina e o Uruguai gerando nuvens bastante carregadas, que começam avançar também sobre o Brasil. Uma nova frente fria começa se organizar a partir dessas áreas de instabilidade e avança de vez sobre o centro-sul do Brasil durante a sexta-feira. Além de temporais, essa frente fria deve trazer uma forte queda de temperatura para todos os estados da Região Sul Brasil nos próximos dias.

Risco de temporais

Esta quinta-feira, 21, é com alerta para temporais em muitos locais do centro-oeste Sul do Rio Grande do Sul. Para Porto Alegre, para outras áreas do Rio Grande do Sul e para o centro-oeste e sul de Santa Catarina e também do Paraná, a previsão é de aumento de nebulosidade e pancadas de chuva com raios à noite. Há risco de chuva moderada a forte.

Mais chuva na sexta-feira

Para a sexta-feira 22 de maio, a previsão é de mais chuva nos três estados da Região Sul do Brasil. A frente fria avança sobre a Região deixando nuvens carregadas ao longo do dia, que podem provocar chuva forte e volumosa em muitas áreas. A temperatura começa a baixar.

Vento e frio no fim de semana

Durante o fim-de-semana, as áreas de chuva enfraquecem sobre o Sul do Brasil, mas no sábado, 23, ainda chove nos três estados. A presença de um ciclone extratropical na costa da Região Sul provoca fortes rajadas de vento.

É durante fim de semana que o ar frio de uma nova massa de ar de origem polar avança com força sobre o Sul do Brasil causando acentuada queda da temperatura.

Começa a esfriar no sábado, mas o frio aumenta no domingo. A madrugada do domingo será gelada. As nuvens carregadas saem do Sul do Brasil e o sol volta a predominar.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Assessoria de imprensa Climatempo