Francisco Beltrão
Prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana – Foto Assessoria

O presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop) e prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana conversou por telefone, nesta quarta-feira (16), com o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Henrique Fagundes, para a realização de uma reunião, na sede da Amsop, sobre o ramal entre Cascavel (PR) e Chapecó (SC), da Nova Ferroeste.

De acordo com Fontana, a reunião deve ocorrer durante o mês de abril, mas, ainda sem data confirmada, pois depende da conclusão de um último estudo que está em andamento. E, a ideia é mobilizar lideranças da região e também do oeste catarinense, para juntos, concretizarem esse sonho de longa data.

“Esse ramal irá alavancar, sobremaneira, a economia tanto do sudoeste do Paraná como do oeste de Santa Catarina. Pois, irá atender à demanda de suinocultores, avicultores, bovinocultores, agroindústrias e produtores de grãos, facilitando a exportação de gêneros e produtos da nossa região via porto de Paranaguá”, ressaltou o presidente Cleber.

Pelo projeto, o ramal terá 286 quilômetros de extensão e investimento previsto de R$ 6 bilhões.

Entidades catarinenses, como a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) e Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc) engrossam o movimento da Amsop.

No Paraná, o projeto conta com o apoio da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Sudoeste (Cacispar), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap), Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) e Sebrae.

A previsão da Ferroeste é de que o ramal entre Cascavel (PR) e Chapecó (SC) entre em operação até 2029.

[Assessoria Amsop]