Francisco Beltrão
Imagem Rádio Clube

Morreu na manhã desta segunda-feira (09), no Hospital Regional de Francisco Beltrão, um homem atingido por disparos de arma de fogo em um tiroteio ocorrido na tarde de domingo (08), em um salão de festas na comunidade de Linha Capanema, em Realeza. No local já havia sido morto Silmar Machado, 35 anos. Outras seis pessoas haviam ficado feridas por disparos.

Segundo o que foi apurado, um homem teria discutido com algumas pessoas durante o matiné, foi até seu carro pegou uma arma e voltou efetuando disparos contra as pessoas presentes, onde atingiu Silmar e outras seis pessoas.

Um policial militar que mora na comunidade e é da diretoria da associação, sacou sua arma e atirou contra o agressor tentando cessar a violência. O homem atirou também no policial que foi baleado na mão e com isso o pente da sua pistola caiu, porém o agressor já estava baleado, cessando os tiros.

As vítimas foram socorridas por populares até a chegada do socorro e das equipes policiais.

Cinco vítimas foram removidas ao Hospital Regional, onde o homem que teria iniciado o tiroteio acabou morrendo. Quatro pessoas continuam internadas. O policial que foi atingido com disparo na mão, está internado em hospital em Santa Izabel do Oeste.

Informações dão conta de que o homem que morreu no local, é morador em Realeza e não tinha nenhuma ligação com a briga, nem com o atirador.

A Polícia Civil está investigando o caso.