Pato Branco
Foto: José Fernando Ogura/AEN

A Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher de Pato Branco, com apoio da Polícia Militar, através do Núcleo de Inteligência cumpriu nesta quarta-feira (09), um mandado de prisão contra um homem acusado pelos crimes de ameaça, lesão corporal – violência doméstica e descumprimento de medida protetiva.

Conforme a polícia, a prisão preventiva do acusado foi solicitada no dia 06/10/2021, logo após chegar ao conhecimento de vídeo gravado pelo próprio acusado, no qual ele, mediante ameaças com uma faca, fez com que a vítima, sua convivente, se ajoelhasse na presença dos filhos e jurasse que nunca mais o trairia. 

Ainda segundo a polícia, no vídeo, o acusado aparece segurando uma faca e obriga a vítima a pôr-se de joelhos e falar que o “traiu; que estava com outro homem; que foi para o motel” e, após, diz “ela está falando isso para não morrer, senão ia matá! Tá perdoada; sou homem, tá aqui meus três filhos, tá perdoada; vai fazer de volta?”, ao que a mulher diz que nunca mais fará. Na sequência, o homem mostra os três filhos no vídeo.

Na ocasião, a vítima contou que possuía medidas protetivas que proibiam o acusado de manter contado com ela, porém ele descumpriu e foi até a residência dela, onde a coagiu a gravar o vídeo e, após, agrediu-a fisicamente.

A prisão do acusado foi deferida no dia 07/10/2021, porém desde então ele estava foragido.

Após receber denúncia anônima nesta quarta informando o possível paradeiro do acusado, os policiais realizaram diligências e conseguiram localizá-lo, sendo preso, por volta de 15h e encaminhado a Cadeia Pública de Pato Branco.