Francisco Beltrão
Crédito: Divulgação

Da assessoria/Acefb – Pesquisa contratada pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) aponta uma expectativa de aumento de 19% nas vendas neste período que antecede o Dia das Mães (8 de maio), segunda data comercial mais importante para o varejo.

Realizado pela Datacenso, o levantamento envolveu mais de 500 empresários de Curitiba e Região Metropolitana, Londrina, Maringá, Cascavel, Guarapuava, Ponta Grossa e Francisco Beltrão (70 empresários), entre os dias 25 e 27 de abril. A margem de erro é de 4%.

 Em Beltrão, conforme os empresários entrevistados, a expectativa de venda em relação a 2021 é 68% superior ao ano passado. O objetivo da pesquisa é detectar a impressão dos empresários neste cenário de expansão da atividade comercial e de expectativas com relação à retomada da economia.

O fim da pandemia da Covid-19 e a vacinação estão contribuindo com o aumento do movimento e das vendas no comércio. Além disso, a liberação do FGTS e a primeira parcela do 13° dos aposentados também devem influenciar positivamente nas vendas. Ponta Grossa e Cascavel são as regiões onde os empresários demonstraram mais otimismo.

“Temos a certeza de que as vendas para este Dia das mães vão superar todas as expectativas. As lojas estão preparadas para receber os consumidores com promoções incríveis”, opina o empresário André Baixer, vice-presidente para Assuntos de Comércio da Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb).

Perguntado sobre qual a melhor data para vendas – Natal ou Dia das Mães – André acredita ser o Natal, “mas um dia colado no outro”.

Investimento

A pesquisa revela ainda o percentual de comerciantes que pretendem fazer algum tipo de investimento no seu próprio negócio nos próximos meses. Dos 70 empresários beltronenses ouvidos pela pesquisa, 41% responderam que devem investir e 59% não devem investir.

Entre os tipos de investimentos, 70% dos que responderam “sim” pretendem investir em divulgação e marketing, 33% na estrutura física da loja e 9% outras citações. No tópico “Sentimento e expectativa do comerciante paranaense para os próximos meses quanto ao seu negócio”, 1% dos empresários beltronenses se dizem desanimados, 7% preocupados, 22% aguardando a evolução do cenário econômico e a maioria –  69% estão  animados.

Segundo o CEO do Grupo Datacenso, Claudio Shimoyama, o estudo revela um comerciante paranaense animado com as vendas do Dia das Mães 2022, ou seja, está mais esperançoso e apostando num desempenho bem melhor que o ano passado.

*Com informações da assessoria de imprensa Faciap.