Segurança
Foto Divulgação/PCMG

A Polícia Civil prendeu, na quarta-feira (20), uma família suspeita de matar uma criança de 5 anos em um ritual de evocação de espíritos, na cidade de Frutal, a 628 km de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Foram detidos preventivamente os avós, a tia, a mãe da criança e um líder religioso. De acordo com a investigação, o homem teria jogado álcool com ervas no corpo de Maria Fernanda e, em seguida, ateado fogo com uma vela. “A vítima morreu em decorrência de queimaduras que atingiram quase 100% de seu corpo”, informou a corporação em nota.

Inicialmente, o caso chegou à Polícia Civil como um acidente. Os envolvidos relataram que a menina teria se queimado em um incidente com álcool doméstico e uma churrasqueira. Contudo, “as investigações apontaram para a participação da criança em um ritual espiritual”, informou a corporação.

Os suspeitos foram levados para a delegacia da cidade.

Fonte Noticias R7