Tempo
Foto: Getty Images

O tempo começa a mudar nas regiões oeste, sudoeste e noroeste do estado do Paraná neste sábado (14). Áreas de instabilidades avançam do Paraguai, Argentina e Mato Grosso do Sul em direção as regiões paranaenses. Nestas regiões estão previstas pancadas de chuvas acompanhadas de trovoadas e rajadas de ventos com intensidades moderadas a fortes.

Alerta

A MetSul Meteorologia adverte para potencial situação de alto risco meteorológico no Rio Grande do Sul e Santa Catarina entre a terça (17) e a quarta-feira (18) por uma inusitada situação em que ciclone de trajetória e características atípicas avança do mar em direção ao continente com ameaça de vento muito forte com rajadas intensas por várias horas, oferecendo perigo de danos estruturais e transtornos em serviços públicos. Existem muitas incertezas ainda quanto à evolução deste ciclone, mas o conjunto de dados já permite se antecipar a possibilidade de vento forte a intenso no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul. Se as projeções menos agressivas dos modelos se confirmarem já é alta a probabilidade que venham a ocorrer alguns transtornos para a população. Nos piores cenários indicados pelos modelos, o risco de impactos é grave.

Este ciclone também vai acompanhar uma massa de ar frio e impulsionará, pela sua formação e posicionamento mais ao Norte que o habitual, o ar frio pelo interior do continente com forte queda da temperatura em ao menos metade dos estados brasileiros, havendo a expectativa de mínimas muito baixas e formação de geada em muitos estados, notadamente do Sul, Centro-Oeste e do Sudeste do território brasileiro.

Para ler mais acesse Metsul