Oeste de SC
Foto: Reprodução/NSC TV

As cinco vítimas mortas no ataque à escola infantil Pró-Infância Aquarela em Saudades no oeste de Santa Catarina estão sendo veladas no ginásio do Parque de Exposições da cidade.

Às 9h, está prevista uma missa de corpo presente no local. Segundo a prefeitura, o sepultamento ocorre às 10h no Cemitério Municipal de Saudades.

As cinco vítimas são:

– Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, era professora e dava aulas na unidade havia cerca de 10 anos.

– Mirla Renner, de 20 anos, era agente educacional na escola.

– Sarah Luiza, de 1 ano e 7 meses.

– Murilo de 1 ano e 9 meses.

– Anna Bela de 1 ano e 8 meses.

O autor invadiu a escola Aquarela com duas facas às 10h de terça (04). 20 crianças estavam no local sob os cuidados de 5 professoras.

A primeira pessoa que o assassino atacou foi a professora Keli Adriane Aniecevski. Mesmo ferida, ela correu para uma sala, onde estavam quatro crianças e a agente educativa Mirla Renner, de 20 anos.

O homem chegou até a sala e continuou os ataques, matando Keli e três crianças. Mirla chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Todas as vítimas foram atingidas com, pelo menos, cinco golpes de facão.

O assassino tentou entrar em todas as salas da creche, mas professoras conseguiram se trancar e proteger as crianças.

Na casa dele, a polícia encontrou R$ 11 mil e duas embalagens de facas novas.

A única sobrevivente ao ataque é uma criança de 1 ano e 8 meses, que está na UTI.

Fonte: G1 SC