Pandemia do novo coronavírus
Foto PM e Vigilância Sanitária

Três situações de aglomeração foram atendidas por profissionais da Vigilância Sanitária, do Departamento Municipal de Trânsito (Depatran) e da Polícia Militar em Pato Branco na noite de sábado (25).

Os eventos descumpriam o decreto municipal que busca a prevenção, controle e enfrentamento à disseminação do coronavírus (Covid-19).

De acordo com o aspirante Chinatto, do 3º Batalhão da Polícia Militar, as três situações ocorreram entre às 21h de sábado e a meia-noite deste domingo (26).

A primeira ocorreu após denúncia anônima junto à Vigilância Sanitária, que buscou apoio da PM para verificar se procedia uma festa na comunidade de Fazenda da Barra, interior de Pato Branco. Além da aglomeração no local, havia algumas pessoas que não utilizavam máscaras, as quais foram encaminhadas ao 3º BPM.

Também, na noite de ontem, fiscais abordaram outra aglomeração na comunidade de Passo da Ilha, que infringia o decreto municipal em relação a covid-19.

“Nesta segunda festa, além das pessoas que estavam infringindo a lei, também foi encaminhado ao 3º BPM um cidadão, com cerca de 2,5 g de maconha, para assinar um termo circunstanciado por ser usuário de droga”, informa o policial.

A terceira e última situação atendida pelos fiscais ocorreu no bairro São Roque. Nesse caso, conforme o aspirante Chinatto, a abordagem foi realizada durante patrulhamento, em que a equipe da PM percebeu a movimentação no local. “Além da aglomeração, ao fazer a abordagem havia ainda algumas pessoas sem máscaras”, acrescenta.

Os responsáveis pelas festas, bem como os demais participantes foram encaminhados a sede do 3º BPM. Eles receberam notificação (multa), que deverá ser efetuado o pagamento junto à prefeitura.

Fonte Diário do Sudoeste