Francisco Beltrão
Foto Lucas Maciel

A partir desta segunda-feira, 1º de junho, os 22 cobradores dos ônibus do Transporte Coletivo Guancino estão suspensos de suas atividades por um período de 60 dias, conforme projeto aprovado recentemente na Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, e sancionado pelo prefeito Cléber Fontana.

Durante a suspensão dos contratos os cobradores serão enquadrados no programa de auxílio emergencial no período da pandemia do Covid-19.

Segundo Muran Almeida, gerente da empresa Guancino, durante este período serão aceitos somente os cartões vale-cidadão ou vale-transporte, que poderão ser adquiridos sem custo no terminal urbano.