Regional

Traficantes escondem drogas junto ao corpo de bebê de dois meses

Foto: Rafael Silvestrin/Tasabendo.com

Um bebê de apenas dois meses de idade foi usado por traficantes para esconder uma grande quantidade de drogas, na tentativa de despistar a Polícia Militar. O caso ocorreu na quinta-feira (11) no Jardim Batel em Campo Mourão e causou indignação nos próprios policiais ao encontrarem diversos tabletes e até parte da maconha derramada sobre o corpo da criança.

A equipe policial foi ao local após denúncia de que uma motocicleta supostamente furtada estava nas proximidades da residência. Ao chegar ao local a PM fez a abordagem, mas não constatou irregularidade com a moto.

No entanto, duas adolescentes saíram da casa e passaram a questionar a ação policial. Foi então que uma policial feminina da Rotam iniciou a revista nas jovens, quando uma delas passou um papelote com maconha para a outra. “O que mais chamou a atenção nessa ocorrência foi quando encontramos em meio às roupas de um recém-nascido uma grande quantidade de drogas. Havia até pó da droga espalhado no corpo da criança”, relatou o sargento J.Silva, comandante da Rotam.

O bebê era filho de uma das adolescentes, esposa de um jovem, também detido por tráfico de drogas na casa. “A adolescente tentou chamar para si a responsabilidade pelas drogas, para tentar livrar o marido da prisão, mas os três foram encaminhados para a delegacia. Na casa ainda havia mais duas crianças e acionamos o Conselho Tutelar para dar apoio, pois o local também não oferece condições mínimas de higiene”, informou o sargento.

Além de 26 tabletes de maconha, prontos para a venda, os policiais encontraram alguns pés da droga, plantados nos fundos da residência.

Informações  do site TaSabendo.com

 

Compartilhe: