Tempo
Foto Defesa Civil RS

Um temporal atingiu o município de Sagrada Família na região Norte do Rio Grande do Sul na noite de sábado (26).

Um homem de 29 anos ficou gravemente ferido após o desabamento de uma parede, em um imóvel. Segundo a Defesa Civil, o homem teve traumatismo craniano e foi transferido para o Hospital de Caridade de Palmeira das Missões. Outros quatro moradores da cidade também sofreram ferimentos em decorrência da chuva.

Sagrada Família teve cerca de 500 imóveis, entre residências, comércios e prédios públicos, danificados durante o temporal. Mais de 2,4 mil m² de lona foram distribuídos. Dezesseis famílias foram desalojadas de suas residências devido aos alagamentos.

Em Nova Petrópolis, na Serra, a BR-116 foi totalmente bloqueada, após uma queda de barreira. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o trecho foi liberado às 15h39.

Duas famílias foram retiradas de casa pela Defesa Civil de Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo. Com chuva acumulada de 116 mm, o Arroio Castelhano subiu 1,3 metro. Durante a manhã de domingo, o alagamento reduziu e as famílias foram liberadas para ir para casa.

Santa Maria, na Região Central, teve 23 casas destelhadas. Em Alto Alegre, no Norte, choveu granizo, e nenhum estrago grave ou desalojamento foi registrado.

Montenegro, na Região Metropolitana de Porto Alegre, uma família foi removida de uma casa que ameaçava desabar, na área de alagamento. No total, 12 residências foram inundadas. A Defesa Civil e órgãos públicos atuam no local.

Fonte G1 RS