Geral
Foto: Arquivo PP News

Uma área de baixa pressão atmosférica está se aprofundando entre o Paraguai e a Argentina e vai formar grandes instabilidades sobre o Sul do país neste domingo. Estas instabilidades serão reforçadas pela corrente de jatos na baixa atmosfera, gerando um padrão favorável para a formação e manutenção de células de tempestade nos próximos dias.

Neste domingo, 10, apenas o norte do Paraná terá um dia ensolarado, quente e sem chuva, mas em todas as outras áreas há previsão de chuva, especialmente a partir da tarde. Entre o norte gaúcho e o interior catarinense, a chuva começa já pela manhã e se estende no decorrer do dia, ganhando força à tarde. As demais áreas terão aumento de nebulosidade ao longo do domingo e pancadas de chuva entre a tarde e a noite.

Há risco para temporais, com raios, ventania e eventual queda de granizo. As áreas mais atingidas neste domingo serão o centro-sul do Rio Grande do Sul.

No início da próxima semana, estas instabilidades serão reforçadas pelo avanço de uma frente fria sobre o Sul do país, por isso a chuva se espalha, atingindo também o norte do Paraná. A segunda-feira (11), será de alerta máximo para toda a Região, com previsão de grandes acumulados que devem acarretar em transtornos, especialmente no centro-oeste gaúcho e oeste catarinense.

À medida que o sistema frontal avança pelo Sul, as instabilidades vão se deslocando e já na terça-feira (12) a chuva se espalha sobre o Paraná, acontecendo de forma generalizada no Estado. No Rio Grande do Sul, por outro lado, uma massa de ar seco vai manter o tempo firme com queda acentuada de temperatura.

A frente fria ficará bloqueada entre o Paraná e São Paulo a partir de quarta-feira (13), por isso até a sexta-feira (15), a chuva será frequente e volumosa em áreas do norte e leste do Paraná e centro-leste de Santa Catarina. Apenas no próximo fim de semana é que o tempo volta a firmar.

(Fonte Climatempo)