Local
Foto Divulgação

Formar jovens líderes; esse é o principal objetivo do RYLA (Rotary Youth Leadership Award – que em português significa  Prêmio Rotário de Liderança Juvenil).

O evento é realizado pelo Rotary Club em todo o mundo e neste final de semana, foi a vez de Francisco Beltrão receber jovens de todo o Distrito 4640.

“O RYLA é um evento muito esperado pelo Distrito, pelos jovens, pelo Rotaract, que organiza todo esse processo de escolher e selecionar os jovens para que participem e que no futuro sejam grandes líderes, que possam fazer a diferença na comunidade em que estão inseridos” afirma o Governador do Distrito, Sérgio Baseggio.

Adolescentes de 14 a 17 anos foram indicados pelos 107 clubes das regiões Oeste, Sudoeste e Centro-Sul paranaense. A edição de 2022 contou com a participação de 60 candidatos, que se destacam nas comunidades locais onde vivem.

“O que a gente sugeriu para os Rotarys é que eles buscassem na comunidade, nas escolas, nos clubes de jovens, adolescentes da comunidade; de preferência não pertencessem ao mundo rotário, para que tivessem oportunidades que às vezes eles não têm no dia-a-dia”, afirma Jusimeris Bariviera, coordenadora do Ryla.

Realizada na Casa de Formação Divino Mestre, a imersão (que durou três dias) teve na programação palestras dinâmicas que abordaram temas como habilidades para a nova economia, saúde mental, educação financeira, resolução de conflitos e a apresentação de um case de sucesso.

Durante o evento, os adolescentes também foram separados em sete times para participar do Ideathon.

“É um projeto onde a gente traz algumas metodologias e estratégias para trabalhar a inovação e a criatividade junto desses jovens. O objetivo foi fazê-los identificar problemas dos locais onde eles moram e propor ideias. Não soluções num primeiro momento, mas ideias para resolver esses problemas usando a criatividade, a tecnologia e culturas de inovação e digital” – explica o consultor do Sebrae, Hector Cabral.

Os projetos serão incentivados pela Cresol, através das unidades instaladas nos municípios de cada participante, com o objetivo de fomentar as ideias e incentivar o empreendedorismo.

“Foi um evento muito bom com excelentes palestras, principalmente. Foi um excelente treinamento onde a gente saiu desde ideia nenhuma até desenvolvimento, planejamento de apresentação. Aprendemos o que é trabalhar em equipe, o que é lidar com divergências e o que é estar na frente de pessoas, falar sobre as nossas ideias e articulando os nossos pensamentos com limite de tempo. O evento nos ajudou a crescer muito!”, avalia Felipe Brunetto Oldoni, indicado pelo Rotary Club de São Jorde d’Oeste.

Por Matheus Viana