Palmas
Foto reprodução

O Tribunal do Júri de Palmas, no Centro Sul do estado, condenou a 16 anos, 7 meses e 15 dias de reclusão um homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná por homicídio. Segundo a denúncia, apresentada por meio da 1ª Promotoria de Justiça da comarca, o crime foi cometido a mando de uma facção criminosa.

O crime aconteceu no dia 19 de julho de 2019, quando o réu atacou um homem com disparos de arma de fogo e facadas. Os jurados acataram as duas qualificadoras apontadas pelo MPPR: motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

O réu já estava preso e não poderá recorrer em liberdade.