Local
Foto Assessoria de imprensa

A partir de 2022 os proprietários de terrenos baldios localizados na área central e nos bairros próximos do centro de Francisco Beltrão começarão a pagar mais o IPTU Progresso (Imposto Predial e Territorial Urbano). O anúncio foi feito pelo prefeito Cleber Fontana nesta quinta-feira (10), durante entrevista no Programa Cidade Aberta da Rádio Educadora, apresentado por Almir Zanette.

“Chegou o momento de tomarmos algumas atitudes em relação a esta questão. Já realizamos alguns levantamentos e decidimos implantar o IPTU Progressivo a partir do próximo ano”, confirmou o prefeito. São muitos terrenos nessa situação na área central. Dentre os objetivos, segundo ele, estão coibir a exploração imobiliária e fomentar investimentos. Com a medida, o  IPTU ficará mais caro a cada ano.

Ainda de acordo com o prefeito, o município está perdendo investimentos devido aos altos valores dos terrenos. “Muitas pessoas acabam desistindo de investir em Beltrão quando tentam comprar um terreno e isso não pode  continuar acontecendo”, esclarece o prefeito. “É um tipo de situação que atrapalha o nosso progresso”. Outra situação verificada, segundo ele, é que existem pessoas que são proprietárias de vários terrenos baldios e por um longo período, apenas mantendo para aumentar a valorização destes imóveis.

“Nosso principal objetivo com a medida é fomentar construções, o crescimento da cidade e ao mesmo tempo combater a especulação imobiliária”, relata o prefeito. Os proprietários serão notificados da medida no decorrer deste ano e a partir do ano que vem a cobrança será maior, em índices ainda a serem definidos. A proposta é adotar a medida agora na região central e aos poucos adotá-la em todo o perímetro urbano.

(Por assessoria)