Realeza
Foto Polícia Ambiental

Na segunda-feira (07) a Polícia Militar através do Batalhão de Polícia Ambiental e do 21º BPM, atenderam uma denúncia de que um morador da Linha Saltinho, interior de Realeza estaria cometendo crimes ambientais.

No local a equipe constatou o dano em área de proteção permanente, correspondente a 2,26 hectares.

Foi lavrado o Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 30.000,00 e em vegetação em estágio médio de regeneração a supressão foi correspondente a 0,87 hectares, foi confeccionado Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 7.000,00.

A área foi embargada e o Ministério Público da Comarca de Realeza foi oficiado sobre o crime ambiental.