Geral, Policial
Foto Divulgação/Assessoria

Nesta quarta-feira (23) equipes do Procon de Francisco Beltrão passaram pelos 24 postos de combustíveis do município para monitorar os preços. Também houve entrega de notificação para que apresentem as informações sobre os preços que pagam nas distribuidoras e os valores cobrados dos consumidores. O relatório deve apresentar os dados referentes aos últimos 60 dias. A informação deve ser fornecida em até cinco dias.

A partir destes dados será possível verificar, por exemplo, a margem de lucro de cada estabelecimento. De acordo com a coordenadora do órgão, Helena do Couto, se for verificado qualquer tipo de irregularidade serão adotadas as medidas previstas em lei.

Outra meta é comparar os preços praticados nas bombas com os do aplicativo que é disponibilizado aos consumidores onde constam os preços dos combustíveis dos postos de todo o estado. Ao final de todo o levantamento a população será informada sobre os resultados desta fiscalização. Em caso de irregularidade em relação aos preços, as empresas ficam sujeitas a multa ou até a suspensão da atividade.

Assessoria PMFB