Local
Helena do Couto, coordenadora do Procon – Foto divulgação

O Procon de Francisco Beltrão aplicou uma  multa de R$ 975 mil na C6 Consignados. Conforme os atendimentos realizados, a empresa fazia empréstimos com desconto no pagamento de aposentados e pensionistas, sem autorização dos mesmos.

De acordo com a advogada Helena do Couto, diretora do Procon, o principal agravante é que as vítimas são idosos. “Na maioria dos casos são pessoas que não tem conhecimento tecnológico para utilizar aplicativos, não conseguem interpretar o extrato da conta e alguns inclusive são analfabetos, ou seja, um público totalmente vulnerável”, relata.

Também explica que a partir do segundo semestre do ano passado aumentaram as reclamações contra a empresa, não só em Francisco Beltrão, mas todo o Brasil. Em Beltrão foram cerca de 120 atendimentos, o que possibilitou a constituição de uma ação coletiva e a devida notificação ao Ministério Público.

Sobre a maneira como agem, Helena relata que depositam dinheiro na conta dos aposentados e depois fazem a consignação do empréstimo para desconto na aposentadoria destas pessoas, sem que elas tenham solicitado ou autorizado. Inclusive muitos dos consumidores alegam não reconhecer a assinatura no contrato, cuja cópia apresentada é de péssima qualidade. Também é irregular o fato de os correspondentes bancários serem de outros estados.

“Muitos percebem valores maiores em suas contas e procuram o Procon para entender o que aconteceu, mas outros só percebem quando começam a descontar na aposentadoria, o que pode demorar até 120 dias”. Relata ainda que geralmente quando a pessoa contesta eles cancelam, após a devolução do valor que depositaram indevidamente. Até o momento o banco não se manifestou sobre a multa ou a ação coletiva. Quem tiver algum problema pode procurar o Procon ou manter contato pelo telefone (46) 3524-5063.

(Assessoria PMFB)