Geral
Deputado Reichembach (Foto: Alep)

Lei de autoria do deputado Reichembach destaca ações para evitar quedas e outros incidentes envolvendo pessoas acima dos 60 anos 

Da Assessoria –
Desde 2017, a primeira semana do mês de junho marca a Semana Estadual de Prevenção de Acidentes Domésticos com Idosos no Paraná (lei 18.952/2017). A lei de criação do deputado Reichembach propõe orientar e difundir medidas que evitem quedas e outros tipos de incidentes dentro de casa envolvendo pessoas acima dos 60 anos de idade. 

Reichembach afirma que durante a pandemia os cuidados devem ser redobrados. “Os acidentes domésticos mais graves podem ter consequências sérias, pois podem aumentar o risco de uma internação justamente neste momento em que a capacidade dos hospitais já está esgotada. Por isso, precisamos dar ainda mais atenção ao nosso lar, para que seja um local seguro para todos, especialmente aos idosos”, ressalta. De acordo com o Ministério da Saúde, só em 2020 foram contabilizadas mais de 300 mil internações em função dos acidentes domésticos.

Segundo dados da USP (Universidade Federal de São Paulo), 29% dos idosos caem ao menos uma vez ao ano e 13% caem de forma recorrente. No período de pandemia e isolamento social, o número chegou a 30%, o que demonstra a necessidade de adotar e difundir medidas que evitem este tipo de acidente.

QUEDAS – Tapetes, escadas, fios soltos e pisos escorregadios no banheiro são os grandes vilões no que diz respeito a quedas dentro de casa. Vale a pena observar os riscos de tombos, tropeços e outros tipos de acidentes, como queimaduras por exemplo.

“Evitar os acidentes domésticos reduz o sofrimento dos idosos, dos familiares, o gasto financeiro com medicação e possíveis cuidadores, e também a sobrecarga do sistema de saúde no caso de uma internação que poderia ter sido evitada”, afirma Reichembach.