Francisco Beltrão
Foto Arquivo

Na noite de sexta-feira (05) por volta de 19h foi encontrado morto em uma cela onde estava sozinho desde o dia 10 de fevereiro, na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, o preso Samir Rodrigo Batista Rosa, 38 anos, que cumpria pena por feminicídio.

Após os procedimentos o corpo foi encaminhado ao IML de Francisco Beltrão e posteriormente liberado aos familiares para sepultamento no domingo (07).

Relembre o caso:

Samir foi o primeiro réu a ser condenado pelo crime de femicídio pelo Tribunal do Júri de Pato Branco, após a alteração da Lei, onde crime por homicídio contra mulher passou a ter o agravante.

O crime ocorreu no dia 1º de abril de 2017 em uma casa no bairro Planalto em Pato Branco, onde Samir matou a golpes de faca sua companheira Fabíola da Costa.

Ele foi preso e no dia 13 de dezembro de 2017 em julgamento do Tribunal do Júri de Pato Branco, foi condenado a 16 anos de reclusão que estava cumprindo na PEFB.

Na noite de sexta-feira (05) ao ser encontrado morto na cela que ocupava sozinho, ele estava com uma corda com retalhos de cobertor enroscada no pescoço.

Com informações do Pato Branco Alerta