Local
Secretário Claudimar de Carli acompanha recolhimento de um bovino na Linha Hobold Foto Assessoria

Assessoria – A Prefeitura de Francisco Beltrão, através das secretarias municipais de Agricultura e de Meio Ambiente, instituiu o programa de recolhimento e coprocessamento de bovinos e equinos mortos em propriedades rurais. O programa está regulamentado pela Lei Municipal 4.795.

Bovinos e equinos que morrem por doença ou outro motivo (impróprios para consumo) são recolhidos por uma empresa contratada pela prefeitura, através de licitação, e encaminhados para uma indústria onde passam pela compostagem pelo período de 40 dias e depois são transformados em adubo. Todo o processo tem autorização da Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná)

De acordo com Claudimar de Carli, secretário municipal de Agricultura, antes do programa a prefeitura prestava apoio aos produtores rurais, mas o procedimento era enterrar os animais na propriedade, o gerava preocupação em relação ao meio ambiente. “Esse novo modelo é ambientalmente correto e não tem qualquer custo para os produtores, pois é bancado pela prefeitura”, enfatiza Claudimar.

Ele também relata que no momento houve a liberação para o recolhimento de bovinos e equinos, mas a prefeitura está pleiteando a autorização para também recolher aves e suínos. “Essa é uma questão de saúde pública e de respeito ao meio ambiente, por isso a prefeitura adotou este programa e investe para uma solução definitiva”, completa o secretário Claudimar.

Quem precisar do apoio da prefeitura em caso de animais mortos deve procurar a secretaria municipal de Agricultura ou manter contato pelos telefones (46) 3520-2175 ou 3520-2180.