Francisco Beltrão
Foto reprodução/Google

A direção da Policlínica São Vicente de Paula emitiu uma nota esclarecendo que não procede o áudio que circulou pelo Whatsapp que teria sido gravado por um funcionário no domingo (28), relatando desabastecimento de oxigênio no hospital. 

Segundo o hospital, ocorreu um problema em uma das válvulas do sistema de distribuição de oxigênio, porém o problema foi resolvido e não houve comprometimento no fornecimento.

Confira a nota na íntegra: 

“A POLICLINICA SÃO VICENTE DE PAULA LTDA (PSVP) vem, por meio desta, informar e esclarecer a quem possa interessar e para todos os fins de direito, sobre o seguinte:

Nesta data de 28 de fevereiro de 2021, circulou pelas redes e mídias sociais um arquivo de áudio contendo a narrativa de um colaborador da PSVP com comentários sobre desabastecimento de oxigênio no âmbito desta unidade hospitalar e também sobre colapso na capacidade de atendimento.

No que se refere à noticia de falta de oxigênio na unidade hospitalar, a afirmação não procede e foi infeliz. No início do período da tarde houve um problema em uma das válvulas do sistema de distribuição de oxigênio, o que foi sanado em espaço muito curto de tempo, sem comprometimento algum da assistência regular a qualquer paciente da PSVP.

Inclusive com relação à disponibilidade de oxigênio para atendimento dos pacientes da PSVP,  a empresa ratifica ao público em geral que mantém sua operação regular e condizente com sua capacidade operacional.

No que se refere à notícia sobre a capacidade de atendimento, a PSVP informa que vem prestando assistência a toda a demanda, concedendo o pertinente e necessário suporte médico e hospitalar da forma mais eficiente e ampla possível, não existindo qualquer negligência para com qualquer paciente”.

Francisco Beltrão, 28 de Fevereiro de 2021.

Dr Dalberto Dassoler –  Diretor

Dr Roberto Melo de Souza Filho – Diretor

Dr Jose Carlos Costa – diretor

Dr Ricardo Russo PepeD – Diretor Técnico (CRM/Pr 17.257