Policial
Foto: Polícia Federal

Seis pessoas, com idades entre 20 e 30 anos, suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas, foram presas na manhã desta quinta-feira (19), durante a 2ª fase da Operação “Oráculo” deflagrada pela Polícia Civil de Capanema, que tem por objetivo coibir o tráfico de drogas na cidade e municípios vizinhos.

Das seis prisões, três delas ocorreram em cumprimento a mandados de prisão preventiva e as outras três foram realizadas por meio de flagrantes, ocorridos no decorrer da ação. Dez mandados de busca e apreensão domiciliar também foram cumpridos durante a operação. As buscas e prisões aconteceram em diversos bairros de Capanema.

No decorrer da ação, os policiais apreenderam porções de maconha, pinos de cocaína e pedras de crack fragmentadas – prontas para serem comercializadas. Além das drogas, a equipe também apreendeu aproximadamente R$8 mil em dinheiro e 14 aparelhos celulares, os quais serão periciados para apurar a eventual associação para o tráfico de drogas.

O delegado-titular da Delegacia de Capanema, Bruno Falci Amaral, ressalta que as investigações que resultaram na Operação “Oráculo” teve início no mês de dezembro de 2017, quando a polícia identificou o suspeito de coordenar o comércio de drogas de dentro da penitenciária. “O homem estava preso na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PEFB) e dava instrução aos investigados referente a distribuição de drogas na cidade e municípios vizinhos”, informa.

Amaral afirma que após a sua identificação, imediatamente a equipe representou pela prisão preventiva do homem, a qual foi cumprida dentro da própria penitenciária. “Na época, oito pessoas envolvidas com o tráfico de drogas foram presas e nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos na cidade. Depois disso, foi dado início a Operação Oráculo”, relembra o delegado.

Na primeira fase da Operação “Oráculo”, que ocorreu a uma semana, cinco pessoas foram encaminhadas para a delegacia e três delas foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas. Porções de maconha, um triturador de fumo, uma balança de precisão e papeis seda para embalar drogas, bem como 23 celulares, foram apreendidos na ação.

Os mandados judiciais foram expedidos pela Vara Criminal de Capanema. Ao todo 50 policiais, entre civis, federais e militares, participaram da operação. “As investigações a cerca do tráfico de drogas no município prosseguirão de maneira conjunta com as polícias Federal e Militar, com o objetivo de reprimir o crime na cidade e demais regiões”, finaliza Amaral.

Os presos na ação foram encaminhados ao Setor de Carceragem Temporária (Secat) de Capanema, onde permanecem detidos à disposição da Justiça.

Assessoria PC