Francisco Beltrão
Foto arquivo

A equipe Furtos e Roubos do 21º BPM recebeu informação na tarde de sexta-feira (29), de um comerciante de Francisco Beltrão, de que ele havia caído em um golpe de estelionato.

Segundo o comerciante, ele colocou para venda na internet seu caminhão Agrale, pelo valor de R$ 75.000,00. No dia 24 deste mês, dois homens que seriam sócios de uma empresa no Rio Grande do Sul, iniciaram uma negociação e acabaram fechando a compra por R$ 70.000,00 e o valor seria feito através de transferência eletrônica, TED.

Eles efetuaram o depósito e informaram que na sexta-feira (29) um dos sócios viria a Francisco Beltrão, para buscar o caminhão, e o homem chegou para buscar o caminhão.

O proprietário entrou em contato com o gerente do banco, e ele informou que não foi feito o TED e sim um depósito em cheque possivelmente fraudado.

Ao informar que só entregaria o caminhão após a confirmação do dinheiro na conta, o suposto sócio, saiu a pé do local, quando o empresário comunicou a polícia.

A equipe Furtos e Roubos, iniciou as buscas e localizou o homem na Travessa Frei Deodato, e após identificado foi constatado em sua ficha criminal, passagens por roubo a pedestre, tráfico de drogas, vários furtos e apropriação indébita.

O suspeito foi detido e encaminhado para a 19ª SDP.