Francisco Beltrão
Fotos Polícia Militar

Agentes penitenciários do DEPEN perceberam barulhos e movimentação estranha no interior da cadeia pública por volta das 16h30 de terça-feira (09) e acionaram a Polícia Militar que fizeram um cerco ao redor da cadeia e da delegacia, enquanto equipes entraram na cadeia tendo em vista o eminente risco de fuga.

Segundo a PM, os presos foram retirados das celas e levados para o solário (pátio), porém eles tentaram resistir e alguns deles portavam armas artesanais (estoques), sendo necessário o uso de granadas de efeito moral e munições de impacto controlado para cessar a resistência dos presos.

Os detentos foram finalmente controlados e as equipes especializadas entraram na cadeia. Durante revista foi encontrado em uma das celas um túnel já em estagio de construção avançada por onde os presos pretendiam fugir. Nas celas e nos corredores da cadeia foram encontrados diversos estoques que foram apreendidos e entregues aos agentes penitenciários para os procedimentos.

Até na manhã desta quarta-feira (10) a cadeia pública estava com 141 presos. 130 homens e 11 mulheres na ala feminina.