Geral, Policial
Foto Polícia Federal

Policiais federais de Dionísio Cerqueira autuaram três pessoas por crime ambiental na tarde desta terça-feira (19) na Avenida Internacional.

Segundo a PF, os três são acusados de comercializar e armazenar baterias para veículos em estado de “sucatas”, oriundas da Argentina.

Ainda segundo a polícia, dois envolvidos que moram no local negociavam as “sucatas” com um comprador do Oeste do Paraná que adquiria o produto para depois revender para empresas que trabalham na recuperação ou reciclagem de baterias.

A bateria, para qualquer aplicação, é produto potencialmente poluidor, havendo normas para fabricação, armazenamento, comercialização, reutilização e importação.

Para a comercialização de baterias usadas é necessário possuir registro no Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras.

Os presos foram autuados no artigo 56 da Lei 9.605/1998. Cada um pagou fiança de R$ 1.000,00 e em seguida foram liberados.

O caso foi encaminhado ao Juízo da 1ª Vara Federal em Chapecó (SC).