Policial
Foto: Arquivo

Policiais civis da 5ª SDP de Pato Branco em ação coordenada e acompanha pelo delegado Nilmar Manfrin da Silva prenderam em flagrante na tarde de sexta-feira (25) um médico da rede municipal de saúde por crime contra a administração pública.

O médico foi investigado, pois batia o cartão em unidades públicas de saúde e ia trabalhar em clínicas particulares, retornando ao final do expediente e batendo o cartão como se tivesse cumprido a carga horária.

O profissional foi preso em flagrante no momento em batia o cartão no final da tarde de sexta-feira.

Ele foi encaminhado ao Setor de Carceragem Temporária (Secat) da 5ª SDP e durante revista foi localizado com ele 40 gramas de maconha, sendo detido também por posse de entorpecente.

O médico ficou detido a disposição da justiça.