Francisco Beltrão
Foto Arquivo

A Polícia Civil da 19ª SDP elucidou um crime de homicídio ocorrido na noite do dia 03 de outubro de 2021 no Terra Nossa, bairro Padre Ulrico, onde Salvador do Nascimento, 50 anos, foi morto com disparos de arma de fogo em frente sua residência.

Segundo o que polícia apurou, no dia dos fatos um veículo Gol, chegou em frente a casa da vítima onde estavam três pessoas entre elas o enteado da vítima, menor de 16 anos.

Após uma breve discussão os três embarcaram no carro e saíram do local. Cerca de 10 minutos depois eles retornaram, chamaram a vítima novamente e quando ele se aproximou foi atingido por um disparo de arma de fogo causando a sua morte.

Testemunhas informaram que o menor dirigia o carro, tendo no banco do passageiro seu sogro e no banco de trás um terceiro homem.

Quando foi ouvido em depoimento o menor alegou que estava no banco traseiro do carro e que foi ele quem efetuou o disparo. Ele disse que seu padrasto simulou estar armado portando uma arma de fogo na cintura.

Essa versão, porém diverge do que foi apurado no inquérito policial, uma vez que o menor era quem dirigia o carro, segundo depoimentos de testemunha.

Foi concluído no inquérito que o crime ocorreu porque o menor tinha uma divida com seu padrasto e a partir dai teria ocorrido as divergências até a prática do homicídio.

Segundo a Polícia Civil, todos os suspeitos foram identificados. O inquérito policial foi concluído e os investigados foram indiciados pelo crime de homicídio qualificado e corrupção de menores. 

O menor irá responder pelo ato infracional de homicídio qualificado. Ele foi apreendido e encaminhado ao CENSE. Um dos suspeitos foi preso através de prisão preventiva e a polícia tenta localizar o terceiro envolvido.