Segurança
Foto Polícia Civil

Policiais civis da delegacia de Mangueirinha e do DENARC de Pato Branco cumpriram na manhã desta sexta-feira (10), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 34 anos, pelo crime de roubo.

O homem é investigado por praticar um roubo dia 06 de junho de 2022, em uma loja de roupas na região central da cidade de Mangueirinha, onde após se passar por cliente, rendeu uma funcionária, aplicando um golpe mata leão. Uma das funcionárias conseguiu fugir e solicitou socorro. O assaltante liberou a vítima e fugiu levando algumas peças de vestuário da loja.

A Polícia Civil investigou e identificou o assaltante, constando que ele havia saído recentemente do presídio, onde cumpria pena de 33 anos de condenação pelos crimes de latrocínio, roubo seguido de morte e estupro, ocorridos na região metropolitana de Curitiba.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do suspeito, que recebeu parecer favorável do Ministério Público e foi deferida pelo Poder Judiciário.

Além do cumprimento do mandado de prisão, os policiais recuperaram parte roubas roubadas na loja.

Após a prisão o homem foi encaminhado ao DEPPEN de Pato Branco, onde ficou a disposição da Justiça.

A Polícia Civil informa ainda que além deste roubo o homem foi identificado, como sendo um dos assaltantes que participou de um roubo ocorrido no dia 30 de maio, onde na companhia de outro homem, já preso no dia 06 de junho, entraram em uma residência e de posse de uma faca renderam uma mulher de 46 anos, amarraram seus braças, taparam sua boca com fita adesiva e roubaram um celular e dinheiro.

Nota: A Polícia Civil está divulgado a foto do investigado Adélcio Fernando Batista, 34 anos, para que outras vítimas e testemunhas possam identifica-lo, a fim de colaborar com as autoridades no processo investigativo.

Denúncias podem ser feitas através do WhatsApp da delegacia (46) 3243-1314.