Policial

Na manhã desta terça-feira (20) por volta de 06h a Polícia Civil de Pato Branco com apoio da Polícia Civil Santa Catarina deflagrou em Chapecó (SC) a Operação “Anjo da Guarda”, cumprindo mandados de busca e prisão.

Uma grande quantidade de material contendo cenas de sexo explicito, envolvendo crianças e adolescentes foi apreendida na casa do investigado de 22 anos, que além de responder em Pato Branco pela participação em crime de estupro de vulnerável e crimes do Estatuto da Criança e Adolescente ECA, foi preso em flagrante em Chapecó por cometimento de crime previsto no Artigo 241-B do ECA (Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explicito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente).



A investigação iniciou no dia 31.01.2018, quando uma família procurou a 5ª SDP de Pato Branco e registrou um boletim de ocorrência, noticiando que uma pessoa utilizando perfis falsos do Facebook, obrigou o filho de 11 anos a fazer cenas de sexo explicito e inclusive o ameaçou e o obrigou a manter atos libidinosos com o irmão de apenas 05 anos.

A Polícia apurou ainda que nos dois perfis da rede social havia mais de 77 (setenta e sete) crianças e adolescentes adicionados como amigos, o que leva a crer que podem haver dezenas de vítimas.

A Polícia Civil passará maiores informações em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira.

AD HERE smartyads zone 40151