Sudoeste
Foto Polícia Ambiental

A Polícia Ambiental divulgou na manhã desta segunda-feira (30), o resultado da primeira fase da Operação Nascente Viva, realizada na região Sudoeste.

A operação iniciou na segunda-feira (23) e terminou no sábado (28) com a participação da Polícia Ambiental, policiais do 21º BPM, 3º BPM, IAT e dos Ministérios Públicos das Comarcas. A ação contou com 20 equipes policiais e do IAT, e atuou em todos os municípios do Sudoeste.

Também teve início o Projeto Nascente Viva, na Comarca de Marmeleiro, numa parceria com MP e prefeituras locais.

Imagem Polícia Ambiental

Para o Capitão César, Comandante da 5ª Companhia de Policia Ambiental, “os resultados expressivos da operação demonstram a necessidade do engajamento de forças de todos os setores da sociedade organizada, com vistas a minimizar os efeitos danosos da ação humana contra o meio ambiente regional. Nossa água na atualidade é nosso bem mais precioso e precisa ser preservado”.

Resultados:

– 107 denúncias atendidas;

– 35 ocorrências com supressão de nascentes ou destruição de APP;

– 05 locais a serem refiscalizados;

– 60 AIAs lavrados;

– 02 flagrantes (4 presos);

– 08 TCIP;

– 51 ofício de informação de crime ambiental ao Ministério Público;

– 13 metros cúbicos de araucária apreendida;

– 53 m³ de lenha nativa apreendida;

– 64 sacos de carvão in natura;

– 03 carvoaria interditada;

– 01 pedreira clandestina interditada;

– 03 retroescavadeira, 02 trator de esteira e 02 tratores apreendidos;

– 01 serraria móvel apreendida;

– 95 hectares de áreas degradadas embargadas. (950.000 mil metros quadrados);

Valor total dos AIAs: R$  1.067.800 mil  reais em multa.