Segurança
Foto Polícia Civil

Uma operação policial na manhã desta terça-feira (21), envolvendo a Polícia Civil através da delegacia de Mangueirinha, com apoio operacional da 5ª SDP, Núcleo de Operação com Cães-NOC, DENARC-Núcleo de Pato Branco e Polícia Militar cumpriu dois mandados de prisão preventiva, contra dois homens de 41 e 46 anos, suspeitos de crime de homicídio qualificado.

Os dois presos são investigados pela participação na morte de Jovani Fonseca Marcelino, 35 anos, vulgo “Baianinho”, ocorrido no dia 17 de julho de 2020, que foi executado com três disparos de arma de fogo em frente a sua casa em Mangueirinha.

Além dos dois suspeitos, as investigações apontam a participação de mais duas pessoas no homicídio, uma que já está presa desde o ano passado e outra que é considerada foragida. Segundo apurado pela investigação o crime foi motivado por vingança, pois “Baianinho” teria “supostamente”, violentado sexualmente a mulher de um dos investigados.

Os presos durante o interrogatório se reservaram no direito de permanecer em silêncio. Após a documentação eles foram entregues no DEPEN ficando a disposição da Justiça. O crime de homicídio qualificado artigo 121 do Código Penal, tem pena prevista de até 30 anos de prisão.