Francisco Beltrão
Foto Polícia Militar

O 21º BPM divulgou nota oficial a respeito de roubo ocorrido nesta semana que resultou em menor apreendido e criança morta.

“Um homem adulto, um adolescente de 16 anos e uma criança de 11 praticaram roubo em uma residência de um casal de Francisco Beltrão. Segundo as vítimas, para o cometimento do crime, foram utilizadas pelo menos duas armas de fogo, além de facas. A criança acabou morrendo em acidente de trânsito logo após o crime”

Durante a manhã de quinta-feira (03), por volta das 09h, um casal acabou rendido por três masculinos que anunciaram roubo. As vítimas, mulher de 50 anos e um homem enfermo, estavam em casa, na zona rural, próxima ao perímetro urbano de Francisco Beltrão. Conforme relato, os autores estavam bastante agressivos, e ameaçaram as vítimas empunhando ao menos duas armas de fogo, além de facas que foram colocadas no pescoço da mulher. Da residência foram subtraídos vários objetos incluindo televisores, telefone celular, cheques, notebook, roupas e o veículo da família. A Polícia Militar foi acionada e deslocou com prioridade, sendo ainda gerado alerta do roubo do automóvel para toda região.

Durante atendimento das vítimas no local da ocorrência a PM foi acionada para um acidente de trânsito ocorrido na rodovia PR-566, no qual estaria vitimada uma criança (menino) de aproximadamente 10 anos. O veículo acidentado se tratava do automóvel roubado da família e informações anônimas deram conta que dois homens abandonaram o local do acidente e se direcionaram para a mata. A criança foi identificada como sendo um dos suspeitos do roubo.

Um grande efetivo da Polícia Militar foi mobilizado para as buscas, e seguindo rastros dos suspeitos, os militares estaduais chegaram até uma residência, no bairro Padre Ulrico, onde haviam pessoas aglomeradas. Algumas estavam chorando e relataram serem familiares da criança vitimada no acidente. No local havia um masculino de 16 anos que apresentava diversas escoriações pelo corpo. Ele reagiu passivamente tentando se evadir, mas acabou contido e identificado como segundo autor do roubo.

Durante a apreensão do adolescente, um homem e uma mulher reagiram ativamente e tentaram arrebatar o infrator agredindo os policiais militares. Enquanto o casal estava sendo imobilizado, outra mulher arremessou uma pedra que lesionou o rosto e ombro de um dos PMs. Ela também acabou presa por lesão corporal entre outros crimes.

Na residência dos suspeitos a Polícia Militar recuperou diversos objetos oriundos do roubo, como televisores, eletrônicos, ferramentas e equipamentos, e também, as facas utilizadas para o roubo. Agora as equipes seguem nas buscas de terceiro autor que também já foi identificado.