Real Móveis

A semana não foi nada tranquila para os jogadores, comissão técnica e diretoria do Clube Esportivo União, que até estreou bem vencendo o Paraná, mas depois sofreu duas derrotas para Cianorte e Coritiba respectivamente.

Além das derrotas, a maior referência do time Welligton Monteiro rescindiu seu contrato após receber proposta do futebol gaúcho, porém, isso não foi mencionado pela diretoria o que deixou os torcedores furiosos nas redes sociais. Tiago Maringá e Richard Falcão também saíram, acredito que por outro motivo – simplesmente não seriam aproveitados na primeira divisão. A falta de transparência na divulgação, apenas agradecendo ao trio, sem explicar o motivo da saída gerou inúmeras especulações, que foram devidamente esclarecidas depois, mas poderiam ser evitadas.

Quem acompanha o campeonato e analisa a competição sabe que as derrotas são completamente aceitáveis, é só analisar o investimento de Cianorte e Coritiba. Além do mais, desde o início da pré-temporada ainda no ano passado a diretoria deixou bem claro que o objetivo principal neste ano não é brigar por classificação e sim manter-se na elite.

Junto com a primeira divisão, agora o técnico Ivair e todos que trabalham nos bastidores do time, estão tendo que lidar com torcedores cornetas que assumem o papel de analistas de desempenho via redes sociais. Lucas Vieira que marcou na vitória contra o Paraná virou craque no primeiro jogo, e após Wilson, goleiro consagrado defender a cobrança de pênalti – virou perna de pau. São coisas do futebol, que nada agregam para a equipe que está trabalhando, mas muito típico do torcedor que na verdade só quer saber de resultados.

Apesar de ser uma das semanas mais turbulenta desde que o União voltou para a terceira divisão em 2016, Ivair Censi tem experiência suficiente para transformar isso em resultado extraindo o máximo de sua equipe. O único problema é que o treinador não estará em Francisco Beltrão no domingo, pois viaja justamente a Cascavel para fazer uma cirurgia na retina.

Olhando pelo lado da classificação geral, vencer o Cascavel no domingo é fundamental para alcançar os seis pontos e diminuir as possibilidades de cair para a Divisão de Acesso. Por isso, a equipe deverá ter novidades como a estreia de Rodolfo no ataque. A provável escalação do União para o jogo marcado para as 17 horas de domingo é a seguinte: Marcos Paulo, Felipe Virgulino, Léo Maringá (Spice), Júnior e Thiaguinho, Casimiro, Sorbara, Sato, Willian, Rodolfo e Lucas Vieira. Já o Cascavel, quarto colocado no Grupo A deve iniciar da seguinte maneira pelo técnico Milton do Ó: Vinícius, Líbano, Danilo Jr, Fell e Prates, Vinícius Hess, Oberdan, Alef Manga, Tocantins, Xaves e Weverton.



Lucas Maciel
02/02/2018



Foto: Assessoria União