Real Móveis

Na noite de sábado (09), foi realizada a segunda partida da decisão do Campeonato Paranaense da Série Ouro de Futsal de 2017, em Pato Branco.

Precisando vencer para reverter a desvantagem do primeiro jogo, o Pato Futsal dominou o Cresol/Marreco e devolveu o placar de 4x1. 

A equipe beltronense saiu na frente do placar aos 10:30 do primeiro tempo depois que Sinoê acertou um belo chute após passe de Pedro Rei. 

Tudo se encaminhava para uma vitória do Marreco na primeira etapa, mas faltando apenas 1 segundo para o fim, Neguinho chutou fraco do meio da quadra e o goleiro Quinzinho aceitou. 

Na volta para a segunda etapa o Pato voltou mais confiante e virou o jogo aos 3:30 com Trentin. Aos 18 minutos Neguinho aplicou um chapéu em Sinoê dentro da área do Marreco e apesar de a bola ter saído pela linha de fundo a arbitragem validou o lance que terminou com finalização certeira de Simi que fez Pato 3 a 1. 

Visivelmente abatido o Marreco parecia sentir que não seria sua noite, e não reagiu, sucumbindo à pressão do adversário que embalado pela torcida ainda conseguiu marcar o quarto gol. Após insistência do Marreco com o goleiro linha, Robério conseguiu aproveitar para fechar o placar em 4 a 1. 

Com o resultado do tempo normal, o jogo foi para os pênaltis, e apesar de muita reclamação do técnico Baiano junto a arbitragem, pouco podia-se fazer a não ser se concentrar para as cobranças. Mostrando fragilidade psicológica e falta de personalidade de alguns jogadores, o Marreco tentou reagir nas penalidades, porém sem sucesso. 

O Pato converteu as quatro primeiras cobranças com Robério, Jamur, Trentin e Baron, enquanto o Marreco acertou três com Emerson, Kauê e Richard, mas Barbosinha bateu mal e Di Fanti defendeu. Na quinta cobrança o contestado pivô Simi bateu forte e garantiu o título para a cidade de Pato Branco.

Esta é a tereira vez que Pato Branco conquista um título Paranaense, o que neste ano também vale uma vaga na Taça Brasil de Clubes de 2018. Já Francisco Beltrão continua fora da lista de campeões e amaga um vice-campeonato difícil de digerir, e que por muito tempo vai deixar um ponto de interrogação na cabeça de seu torcedor tentando entender a apatia e fragilidade no jogo mais importante da história do clube. Apesar da frustração com o vice o Marreco vai ser o representante do Paraná na Copa do Brasil do próximo ano. 

Elenco para 2018

Já pensando na próxima temporada, a diretoria da equipe beltronense deve anunciar nos próximos dias seu elenco para começar tudo novamente a partir de março de 2018.

Para o gol, sabe-se que os goleiros Quinzinho e Beccon tiveram os contratos renovados por mais uma temporada, e a novidade é o goleiro Gaúcho da Assif de Ibirubá - RS.

Fabiano Assad e Renan Fuzo também renovaram para a posição de fixo, e Éder que estava no CAD de Guarapuava vai fechar as vagas na posição. Kauê que fez uma boa partida na decisão não conseguiu convencer nesta temporada e já tem acerto confirmado para jogar no Cascavel de Nei Vitor. 

Nas alas foram cinco renovações: Sol Sales, Pedro Rei, Emerson, Guina e Richard. Suélton já havia sido anunciado na Copagril de Marechal, enquanto Canhoto não terá contrato renovado e ainda não confirmou seu novo clube. A grande novidade é a contratação do ala-esquerdo Bateria que até o último ano vestia a camisa 10 do Barcelona. O jogador que também jogou a última Copa do Mundo pela seleção brasileira está se recuperando de uma lesão grave que o levou a rescindir seu contrato com a equipe espanhola.

Para as vagas de pivô, Sinoê teve contrato renovado até o fim de 2019, e duas contratações devem ser confirmadas: Dener que este ano estave no Carlos Barbosa, e Rafinha que está no futsal da Croácia. 

Apesar de muita especulação entre alguns nomes fortes como Jamur, Eka, Jhonny, Bolinha e Gallo, a diretoria deve ficar mesmo nos nomes citados já que a folha salarial aumentou consideravelmente em relação a este ano. Não está porém descartada a contratação de pelo menos dois destes nomes cogitados mas somente no próximo ano. 

 



Lucas Maciel
10/12/2017



Foto: Educadora Esportes