Segurança
Foto reprodução clubederedacao

A Polícia Civil de Barracão prendeu na terça-feira (16), uma mulher de 22 anos, pelo crime de maus tratos a animais, Lei 14.064/2020.

Os fatos tiveram inicio após a Polícia Militar receber uma denúncia de que uma cachorra estava sofrendo maus tratos em uma residência no centro de Barracão.

No local foi encontrada uma cachorra, da raça Pit Bull, já morta, ainda acorrentada e exalando cheiro muito forte.

Os policiais constataram que a cachorra estava prenha e ao lado um filhote recém-nascido, também morto. No local não havia água limpa e a comida era pedaços de pães jogados na terra.

Também não havia casinha e o animal se abrigava da chuva embaixo de folhas de Eternit amontoadas.

A mulher e 22 anos, responsável pelo animal foi localizada, identificada e alegou que não sabia que a cachorra estava morta.

Ela foi encaminhada para a delegacia da Polícia Civil de Barracão, onde foi autuada em flagrante pelo delegado Emerson Ferreira, pelo crime de maus tratos a animais e posteriormente foi encaminhada para a cadeia pública em Santo Antônio do Sudoeste.

Informações Rádio Fronteira