Sudoeste
Divulgação

Uma mulher moradora de Pato Branco, ganhou em primeira instância uma ação de indenização por danos morais no valor de R$ 50.000,00 contra o cantor Gusttavo Lima, por divulgação de número de telefone na música “Bloqueado” onde cita o número do telefone que tem vários donos e donas em diferentes regiões do Brasil.

A mulher de Pato Branco, constituiu o advogado Fabiano Giaretta, que a representou e alegou na ação que a mulher por um bom tempo não teve mais sossego depois que a música foi lançada em 2021, onde repete um número de telefone por algumas vezes, onde o cantor diz ter sido bloqueado pela mulher que ainda ama e faz um drama na música.

A proponente da ação judicial alegou que pessoas, que se diziam fãs do cantor, e não conseguem diferenciar a ficção da realidade e passaram a ligar ou mandar mensagem de WatsApp com xingamentos, humilhações e os mais diversos comentários, sendo até ameaçada por alguns mais alterados.

Em entrevista a Rádio Voz de Coronel Vivida ao advogado informou que no ultimo dia 27 de julho de 2022 a Justiça da Comarca de Pato Branco, em primeira instância, julgou procedente a ação e condenou o cantor a pagar R$ 50.000,00 de indenização a ofendida.

Como a decisão é em primeiro grau, ainda cabe recurso por parte da defesa do cantor.