Renascença
Foto Polícia Militar

A Polícia Militar de Renascença foi acionada na noite de quinta-feira (17), para atender uma ocorrência de perturbação do sossego em uma residência onde estava ocorrendo uma festa familiar com som excessivamente alto.

De acordo com informações repassadas pela PM, a moradora da casa se negou a receber a equipe e se recusou a repassar seu nome. Ainda conforme a polícia, ela forneceu um nome falso e com os ânimos exaltados começou a desacatar os policiais e os vizinhos. Alguns homens que estavam na casa gritavam que ninguém entraria no local e que vizinho “cagueta” tem que morrer.

Quando os policiais pediram que a mulher os acompanhasse ela correu para os fundos da casa. A equipe então pulou o portão e entrou. Os homens que estavam na casa fugiram correndo pelos fundos do terreno.

A mulher entrou na casa e tentou pegar uma faca para atacar os policiais, mas foi dominada, algemada e conduzida no camburão da viatura até o 2º Pelotão de Marmeleiro. Ela foi submetida a Termo Circunstanciado e marcado o dia de audiência para ela comparecer no Fórum da Comarca, onde irá responder pelos crimes cometidos.

O equipamento de som usado na perturbação do sossego foi apreendido.