Geral

Mulher de 53 anos morre afogada no alagado

A comemoração do ano novo terminou em tragédia para uma família de Foz do Jordão. No final da tarde desta terça feira (01), Teresinha Aparecida França dos Santos, 53 anos, estava com seus familiares no alagado na divisa entre Chopinzinho e Candói, no local conhecido como alagado do aterro, próximo à entrada para a comunidade da Cachoeira, quando acabou se afogando.

Segundo familiares, por volta das 17 horas, ela estava com a netinha de 05 anos andando num local raso onde aparentemente não oferecia risco com cerca de 40 cm de água, porém, ao dar um passo para o lado, Terezinha e a neta acabaram caindo no canal do rio que repentinamente a profundidade sobe para cerca de 5 metros. Como não sabia nadar, ela se desesperou e começou a gritar por socorro, assim, como a neta. Neste momento o esposo Valdir dos Santos, 59, percebendo o que estava acontecendo, correu para socorrê-los, entrou na água e também começou a se afogar. Foi quando um dos filhos do casal chegou para ajudar e se jogou na água. Ele conseguiu tirar a criança e seu pai, porém, quando tentou socorrer a mãe ela havia afundado e não retornou mais. Familiares ainda mergulharam, mas devido a profundidade não conseguiram encontrar Teresinha.

A Polícia Militar do Candói e de Foz do Jordão estiveram no local, também foi acionado o Corpo de Bombeiros de Guarapuava que em poucos minutos conseguiram encontrar o corpo.

“Chegamos no local, onde cerca de 20 minutos após o início das buscas, conseguimos encontrar o corpo exatamente no local onde havia afundado. Trata-se de um local perigoso, pois é raso com menos de meio metro de água e repentinamente surge uma vala com cerca de 5 metros de profundidade que é o leito do rio. Foi exatamente neste local que aconteceu o acidente, onde inclusive outras pessoas já perderam a vida. Fizemos o resgate do corpo que foi encaminhado para o IML de Guarapuava”, destacou o Tenente Edimar.

Informações e fotos Rádio Chopinzinho

 

Compartilhe: