Geral
Foto: EBC

Uma mulher foi presa após agredir uma mesária, durante a seção eleitoral, em um colégio de Arapongas, na manhã de domingo (07). A informação é de que a suspeita teria agredido a outra por ciúmes, depois que a vítima pegou na mão do marido da agressora para registrar a biometria.

A Polícia Militar (PM) apontou que a discussão não caracterizou crime eleitoral, mas sim lesão corporal. A vítima foi agredida com socos no rosto e no corpo.

A agressora precisou ser controlada por populares, até a chegada da polícia. A suspeita foi encaminhada à delegacia e responde por lesão corporal.

Colaboração Polícia Militar/Massa News