Francisco Beltrão
Imagem PM

Na noite de domingo (27), policiais militares multaram um motorista de caminhão embriagado, no prolongamento da avenida Júlio Assis Cavalheiro, em Francisco Beltrão.

Só neste final de semana, a PM apreendeu ao todo 21 veículos, lotando o pátio do 21º BPM. Destes, 16 carros e cinco motocicletas. No caso do caminhoneiro, ele se recusou a fazer o teste com o etilômetro, por isso foi realizado o termo de constatação de embriaguez, porque ele apresentou forte odor etílico ao falar e estava visivelmente alterado. Foi lavrada a notificação por dirigir sob influência de álcool, recolhido o caminhão e liberado o motorista no local.

A Polícia Militar alerta sobre o fato, pois quem depende da Carteira Nacional de Habilitação – CNH para trabalhar, em caso de embriaguez, fica com o documento suspenso por um ano, além da multa por infração gravíssima ou até a prisão. O alerta vale não só para caminhoneiros, mas também para taxistas, motoboys e motoristas de aplicativos. “Quem depende da CNH para trabalhar precisa ter consciência de que vai perder o documento, por isso nosso alerta para que as pessoas, que ainda possuem a prática criminosa de beber e dirigir, revejam imediatamente seus hábitos”, ressalta o subcomandante do 21º BPM, major Rogério Gomes Pitz.