Região
Foto Rossy Ledesma/Jornal da Fronteira

O suspeito de atear fogo em um veículo com a esposa dentro, em Dionísio Cerqueira, morreu neste domingo (09) no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso.

O homem de 42 anos estava internado na Unidade de Terapia Intensiva desde a data do crime, ocorrido na quinta-feira (6) e não resistiu aos ferimentos.

Segundo as informações, o homem teve queimaduras de 1º e 2º grau, em cerca de 90% do corpo e passou por vários procedimentos médicos, porém não resistiu e morreu nas primeiras horas da manhã deste domingo.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de São Miguel do Oeste para necropsia.

O crime

O casal estaria em um veículo, e após uma discussão o homem acabou matando a companheira e logo após atentado contra a própria vida.

O homem foi socorrido pela equipe do SAMU e encaminhado ao Hospital. A Polícia Militar foi acionada e o homem acabou contando que havia assassinado a esposa Cleci Kehl Zeppe e logo depois ateado fogo no carro. A Polícia Civil está investigando o caso.

As informações são do Jornal da Fronteira