Geral

A moradora de Matinhos no litoral do Paraná, registrou o momento em que um raio atingiu o mar próximo à costa, durante uma chuva passageira na tarde de quinta-feira (28).

O metereologista Fábio Luego explicou ao G1PR sobre a importância de se proteger durante esse tipo de situação. Segundo ele, se houvesse alguma pessoa na água no momento em que o raio caiu, poderia ter ficado gravemente ferida.

A água salgada do mar libera íons que, por sua vez, conduzem corrente elétrica. Luego destaca também que, se o raio tivesse atingido algum ponto da areia, seriam duas possibilidades: uma delas é a de que ninguém próximo do local ficaria ferido porque a areia não conduz da mesma forma a descarga elétrica como o sal do mar, mas o raio poderia atingir alguém que estivesse na areia. Se isso tivesse acontecido, o risco de ferimentos também seria grande.

Em caso de temporal com raios, é importante evitar ficar perto de cercas de arame, varais metálicos, trilhos e árvores isoladas e estruturas altas como torres, linhas telefônicas e linhas de energia elétrica.

Na praia, a melhor condição, é procurar abrigos como quiosques ou dentro do carro com os vidros fechados.