Palmas
Foto Divulgação

Nesta semana o menor que foi apreendido pela Polícia Civil após ser descoberto planejando ataques a escolas, à partir de Palmas, foi internado em hospital psiquiátrico.

Segundo o delegado responsável pela investigação Felipe Silva de Souza, o menor foi submetido a análise psiquiátrica, que apontou a necessidade de internamento. A Polícia Civil ainda aguarda laudos da Polícia Científica dos equipamentos eletrônicos apreendidos na casa do menor, para complementar o relatório das investigações realizadas, onde foi tipificado que ele realizava incitação ao crime, e pode também ser enquadrado na Lei de Terrorismo, de acordo com o que foi apurado na investigação.

O delegado informou ainda que na última semana a polícia do Estado de São Paulo, apreendeu um rapaz que mantinha contatos com o menor de Palmas e que integrava a rede de contatos onde eram planejados ataques a escolas.

As investigações que iniciaram nos Estados Unidos e descobriram o menor em Palmas continuam.

As informações são da Polícia Civil