Policial
Foto Alisson de Souza

A Polícia Civil de Salto do Lontra prendeu através de mandado de prisão temporária, Francisco Welton, 37 anos, suspeito de envolvimento na morte da esposa Luana Fergutz, 26 anos, ocorrida no domingo (19) por volta de 17h40 quando ela teria se afogado após cair no Rio Cotegipe, no local conhecido como Saltão.

O corpo foi encontrado na segunda-feira pela manhã e removido ao IML de Francisco Beltrão para exames para apurar a causa da morte.

O delegado responsável pelo Inquérito Policial Sandro Spadotto Barros, em entrevista ao repórter Alisson Souza da Rádio Independência disse que “ele foi preso temporariamente devido aos indícios que a polícia coletou. Ele é suspeito de ter cometido o crime de feminicídio. Foram ouvidas testemunhas sobre o relacionamento do casal, que afirmaram, terem visto ele discutindo horas antes com a vítima”.

Outros detalhes das investigações levantadas é o fato de estar só ele, a mulher e a filha de 05 anos no local, o histórico do relacionamento do casal de brigas e também de que ele não possui morada fixa.

A polícia levantou também que a mulher já havia se queixado que ele era muito violento. Na sexta-feira antes dos fatos ele teria voltado do norte do estado e ameaçado ela.

Devido a isso antes mesmo dos resultados finais dos laudos e antes de uma reconstituição que poderá ser feita no local, a polícia solicitou sua prisão que foi decretada pela justiça, para que o acusado não interfira na investigação policial.

O delegado disse que por enquanto ele é suspeito, mas as evidências de sua participação no crime são muito fortes. O suspeito  nega o crime e que os dois brigavam corriqueiramente.

Segundo o delegado, as investigações continuam, mas a polícia acredita que a morte não foi acidental.

Luana Fergutz/Arquivo familiar