Local
Crédito: Guilherme Del Zotto/Amsop

Das assessorias/Amsop e Acefb – Depois de Pato Branco, chegou a vez de Francisco Beltrão retomar a linha aérea para Curitiba, com a operação da companhia aérea Azul, a partir de segunda-feira, 24 de janeiro. O voo inaugural acontece às 18h25 – saída do Aeroporto Municipal Paulo Abdala, com chegada prevista no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, às 20h.

Nos demais dias, a aeronave decola em Curitiba às 14h40, chega em Beltrão às 16h35 e decola de Beltrão com destino à capital do Estado às 17h, com chegada prevista para às 18h35.

Nesta terça-feira, 18, o presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop) e prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana participou de uma videoconferência (live), organizada pela Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb), com a diretoria da Azul Linhas Aéreas.

A live teve ainda as participações do vice-prefeito de Francisco Beltrão, Antônio Pedron, presidente da Acefb, Tarsizio Carlos Bonetti, assistente da presidência da Azul Linhas Aéreas, Ronaldo Veras, gerente regional de vendas da Azul, Joaquim Domingos Oliveira e Jonas Maciel, supervisor de vendas da companhia aérea.

Na ocasião, Cleber declarou que irá buscar congregar a região, através de diálogos com os prefeitos, para fomentar a demanda dos voos que operam no Sudoeste. Seja com passageiros ou com o transporte de cargas e encomendas de empresas e indústrias que atuam na região. “Nós temos mais de 600 mil habitantes no Sudoeste. Ou seja, é mais do que uma Londrina. Somos uma região muito promissora e ainda pouco explorada para a aviação. Pedimos que a população do Sudoeste conheça a mais esta opção de deslocamento para a capital”, pontuou Fontana.

Tanto de Francisco Beltrão, como de Pato Branco, os voos para Curitiba são às segundas, quartas e sextas-feiras. Em Pato Branco, o trecho é operado em uma aeronave ATR-72. Na linha aérea de Francisco Beltrão, os passageiros serão transportados em um Cessna Grand Caravan, com capacidade para nove passageiros, mais piloto e copiloto.

 “Tivemos um apoio muito grande da prefeitura de Beltrão, bem como do governo do Paraná, com o programa de incentivo à aviação regional”, comenta Veras. Tarsizio destacou que a Acefb criou a campanha “De Beltrão, vá de avião”, para estimular as pessoas a conhecerem a nova linha aérea, que ligará o município polo do Sudoeste com a capital paranaense e o resto do mundo. “Acredito que todos os municípios da região e de municípios de Santa Catarina, possam usar a linha aérea”.

O presidente da Acefb perguntou a Jonas se haverá, além do transporte de passageiros, mas também de pequenas cargas (encomendas). “Hospitais e empresas, por exemplo, necessitam desse serviço”, observa Tarsizio. “Vou providenciar a vocês o contato de um agente de cargas aí da região de Beltrão para ver sobre isso”, lembra Jonas.

Pedron comenta que “estamos começando diferente das outras vezes, especialmente com divulgação. Temos que divulgar muito a nossa linha aérea e aproveitar essa oportunidade, de mostrar para a sociedade que voar não é luxo. Hoje Beltrão está mais maduro para entender a importância de uma linha aérea”, analisa Pedron.

As passagens podem ser compradas para vários destinos do Brasil e do mundo nas agências de viagens de Beltrão e no site www.voeazul.com.br.