Marmeleiro
Imagem Divulgação

Após o aumento nos números de casos de Covid-19 no município de Marmeleiro e descumprimento de medidas de restrição, a Justiça da Comarca atendendo pedidos da Polícia Militar e Polícia Civil adotou medidas mais radicais e determinou nesta sexta-feira (26) o uso de tornozeleira eletrônica a um rapaz de 22 anos, responsável pela realização de pelos menos quatro eventos públicos durante o período de quarentena.

Com a implantação da tornozeleira ele fica impedido de sair de casa no período noturno e nos finais de semana, podendo somente deslocar para o local de trabalho além de inúmeras outras medidas restritivas.

Se ele violar as determinações será decretada a prisão preventiva, e mesmo assim estará respondendo por seus atos.

A decisão foi tomada pelo Poder Judiciário após proposição do Ministério Público, alicerçado pelo pedido da Polícia Militar, pela reincidência do acusado em continuar a promover eventos públicos.

A Polícia Militar alerta que continuam proibidas quaisquer formas de aglomerações e eventos na Comarca de Marmeleiro, incluindo em comércios e residências, bem como a obrigatoriedade do uso de máscara, e quem descumprir irá responder judicialmente por seus atos por crime contra a saúde pública e será autuado em multa pela Prefeitura Municipal em valores de R$500 a R$10.000 reais.