Francisco Beltrão
Foto Arquivo pessoal

A jovem Fernanda da Silva Terencio, 20 anos, a Nanda, que foi vítima de acidente de trânsito no dia 02 e em virtude disso teve a perna direita amputada na altura do joelho, participou nesta quinta-feira (18), do programa Plantão Policial 2ª Edição na Rádio Educadora, onde falou sobre o acidente e sobre a sua situação.

Ela disse que no dia do acidente foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional, onde foram feitos todos os procedimentos, porém devido à gravidade no ferimento na perna direita, no dia 11, os médicos lhe deram a informação que mudou sua vida. A perna teria que ser amputada. Nanda que jogava futebol com as amigas três vezes por semana, trabalhava e estudava teve que tomar a decisão definitiva. “Optei pela vida, sou jovem, posso recomeçar, posso reaprender a viver, posso mudar meus hábitos, minhas atividades. Mas quero estar viva, quero viver.” 

Nanda mesmo emocionada demonstrou muita segurança, muita determinação em suas palavras e ao ser questionada pelo apresentador Luiz Carlos Maciel, se tinha fé e isso a ajudou ela disse “Confesso que nunca tive muita fé, até chegar este momento. Essa situação mudou minha vida, inclusive minha fé. Agora meu foco, meu objetivo é outro.”

Nanda ainda está só na cadeira de rodas, não consegue se locomover de muletas, mas não reclama “tudo vai dar certo se Deus quiser”.

Quanto ao condutor do veículo que provocou o acidente ao cortar sua frente no trevo ela disse “Não tenho raiva, nem magoa, só quero que ele pague por seu erro, que por sua atitude mudou minha de uma hora para outra”.

O inquérito policial que apura responsabilidades tramita na 19ª SDP.